Como criar um pen drive bootável do Linux no Windows com o Rufus

Sobre o Rufus:

É um dos melhores e mais populares programas para se criar pen drives bootáveis no Windows. Com uma interface simples e fácil de se utilizar, Rufus não necessita de instalação, o executável tem menos de 1MB e é de código aberto, distribuído sob a licença GPL versão 3.

Conheça um pouco mais sobre o Rufus e todas as suas funcionalidades e fazer o download, acesse: https://rufus.akeo.ie.

Vamos então ao passo a passo!

Cuidado:

TODOS os arquivos que estiverem no pen drive que você selecionar serão APAGADOS, copie os dados do mesmo para o seu computador antes de realizar os procedimentos abaixo, ok?

Configurando o Rufus:

Dê dois cliques no executável do Rufus para abrir o mesmo; na imagem abaixo podemos destacar:

1 – Selecione o pen drive a ser utilizado no processo (no meu caso, utilizando um pen drive SanDisk de 8GB); recomendo que desconecte todos os outros pen drives do computador, deixando somente o pen drive que irá utilizar (obviamente);

2 – Em “Tipo de partição e do sistema de destino” poderá deixar selecionado a opção padrão (Partição MBR para BIOS ou UEFI). Mas se o seu computador/notebook tem UEFI, você DEVERÁ escolher escolher a opção “Partição GPT para UEFI”, conforme mostra a imagem abaixo:

escolhendo o tipo de partição no Rufus

3 – Em “Criar disco bootável com” selecione a opção ‘Imagem ISO’;

4 – Clique no local indicado para selecionar a ISO da distribuição Linux que irá gravar no pen drive (no meu caso, utilizando uma ISO Ubuntu 16.04 64 bits):

inserindo arquivo ISO no Rufus

Gravando no pen drive:

1 – Não é necessário fazer nenhum outro “ajuste”, além dos citados acima. Feito isso, clique em “Iniciar”:

usando o Rufus

2 – Dependendo da ISO que irá utilizar, será necessário baixar alguns arquivos para realizar o processo de gravação no pen drive, clique em “Sim” para continuar:

aviso de download de arquivos necessários

3 – Após o download realizado pelo próprio Rufus, será exibido duas opções de gravação da ISO.

Deixe selecionado a opção padrão recomendada pelo mesmo (Gravar no modo Imagem ISO).

Logo após, selecione “OK” para iniciar a criação do pen drive bootável.

Caso tenha algum problema ao dar boot com o pen drive no seu computador.

Você pode tentar criar novamente o pen drive bootável, desta vez selecionando a opção “Gravar no modo Imagem DD”:

escolhendo modo de gravação no Rufus

 4 -Exibirá um aviso para você confirmar a criação do pen drive bootável, clique em “OK” para continuar:

aviso de perda permanente de dados

5 – Agora é só aguardar o processo, o que não deve demorar muito:

processo de gravação no Rufus

Finalizando a gavação:

O pen drive bootável está criado, basta fechar a janela do Rufus:

encerrando o Rufus

Feito isso, reinicie o seu computador com o pen drive “espetado” para testar ou instalar o seu Linux. Talvez seja necessário alterar as opções de boot no Setup do BIOS da sua máquina para iniciar primeiro pelo pen drive.

Créditos: www.blogopcaolinux.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *